Estudando a Doutrina Espírita

28/08/2013 20:43
    Caro irmão ou irmã; que é a Doutrina Espírita, além de um conjunto de informações sobre nós mesmos?
    Compreendendo que a Doutrina é apenas isso, fica claro que sua utilidade está em levar-nos ao conhecimento sobre nós mesmos.
    Fica claro, portanto, que o objetivo dos Espíritos que nos legaram a Doutrina é despertar o nosso interesse para o estudo dos assuntos espirituais, e com esse estudo, levar-nos a uma situação mais favorável a nós mesmos, através de conquistas intelectuais, o que propicia as conquistas morais.
    Confira com O Livro dos Espíritos da F.E.B.:
«««——»»»
    780. O progresso moral acompanha sempre o progresso intelectual?
    “Decorre deste, mas nem sempre o segue imediatamente.”
    a) — Como pode o progresso intelectual engendrar o progresso moral?
    “Fazendo compreensíveis o bem e o mal. O homem, desde então, pode escolher. O desenvolvimento do livre-arbítrio acompanha o da inteligência e aumenta a responsabilidade dos atos.”
«««——»»»
    Creio que seja supérfluo discutir as palavras dos Espíritos Instrutores, elas são muito claras, e dizem que cada um de nós conseguirá conquistas "morais" caso conquistemos progressos intelectuais, portanto, fugir do estudo é fugir de todos os progressos. Não procure enganar a si mesmo. No decorrer dos estudos aqui apresentados você compreenderá melhor esta afirmação dos Instrutores. Vejamos agora o objetivo destes Espíritos ao nos trazerem essa Doutrina:
«««——»»»
    918. Por que indícios se pode reconhecer em um homem o progresso real que lhe elevará o Espírito na hierarquia espírita?
  “O Espírito prova a sua elevação, quando todos os atos de sua vida corporal representam a prática da lei de Deus e quando antecipadamente compreende a vida espiritual.”
    919. Qual o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de resistir à atração do mal?
    “Um sábio da antiguidade vo-lo disse: Conhece-te a ti mesmo.”
    a) — Conhecemos toda a sabedoria desta máxima, porém a dificuldade está precisamente em cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo?
    “Fazei o que eu fazia, quando vivi na Terra: ao fim do dia, interrogava a minha consciência, ...
   “Examinai o que pudestes ter obrado contra Deus, depois contra o vosso próximo e, finalmente, contra vós mesmos. As respostas vos darão, ou o descanso para a vossa consciência, ou a indicação de um mal que precise ser curado.
    “O conhecimento de si mesmo é, portanto, a chave do progresso individual. ...
    Por isso foi que primeiro chamamos a vossa atenção por meio de fenômenos capazes de ferir-vos os sentidos e que agora vos damos instruções, que cada um de vós se acha encarregado de espalhar. Com este objetivo é que ditamos O Livro dos Espíritos.”
SANTO AGOSTINHO
«««——»»»
   Use seu discernimento e traremos ao Movimento Espírita, uma nova interpretação de nossa Doutrina; uma interpretação livre de ideias mitológicas e infantis; como temos hoje.
    Seja bem vindo e partilhe dos conhecimentos que serão oferecidos.
    Muita paz e amor para você.
    Recordemos O Espírito Verdade:
    Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo. 
Pedro Pereira da Silva Neto
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!